Um Catatau Nervoso Que Chegou do Chile! Por Arthur Muhlenberg

Galera, este é o post que meu amigo Arthur, do Urublog, o mais acessado sobre flamengo, mandou a vera. Valeu a moral grande Arthur. Seu nome não é por acaso.

Muito maneiro o vídeo no post espírita, né? Muito legal ver o Adriano fortão, cheio de marra e atitude. Tô ligado que o filme é velho, mas na hora até parecia que o Impera tava falando ao vivo, aqui e agora. Sinistro mesmo. É bastante significativo o fato de um vídeo feito há mais de 2 anos pela patrocinadora pessoal do Impera soar tão atualizado, como se tivesse sido feito ontem para ser exibido antes do nosso jogo de amanhã. A grande verdade é que nosso principal atacante sofre uma violenta cobrança desde… desde sempre. Adriano, não importa o que faça em campo ou fora dele, é sempre questionado, criticado e previamente enterrado pelos mais apressados.

Foi assim no Flamengo, no Parma, na Fiorentina, na Inter e no Flamengo de novo. É possível organizar uma pequena biblioteca apenas com os atestados de óbito emitidos no nome de Adriano e o que se escreveu sobre eles. Já são 11 anos no olho do furacão, sem poder tirar uma meleca em paz e o Adriano continua nas paradas. Vivem enterrando o cara, e ele nunca quer morrer. Sabem por quê?

Porque pra sorte do Adriano sempre aparece alguém que fala um pouco além da conta e, principalmente, alguém que acredita naquilo que leu ou ouviu sobre Adriano. E aí ele vai lá, mete suas sapatadas, fura uma rede ou duas, faz os corneteiros sentarem em seus próprios instrumentos, aniquila com os sonhos alheios e segue em frente. Cada vez mais vivo, cada vez mais vigiado, mais perseguido, mais caguetado. E continua fazendo só o que quer.

Se isso é certo ou errado é outra discussão, para outro momento. Não há nada de inteligente em ficar esculachando nosso atacante mais temido pela zagueirada universal. Ele pode estar acima do peso, fora de forma, ruim da cabeça, não importa. Porque agora é com ele que o Flamengo pode contar. E, Hosana!, é só com o Flamengo que Adriano pode contar. Esteja Adriano como estiver, lá dentro daqueles 103 quilos ainda vive um matador.

Só tá faltando uma centelha pra acender o rastilho e fazer esse cara correr pra vida. E aí, meu cumpadre, se o cara correr é o terror. Então se pros rubro-negros não é lá muito inteligente mexer com Adriano imagine pros adversários. É a história que mostra que Adriano precisa de uma ínfima faísca para entrar em combustão, sair de dentro de si mesmo e, arrastando geral quem ficar no caminho, só parar dentro do gol desses chilenos.

Eu disse que falta uma centelha? Falei errado, faltava uma centelha. Não falta mais. Porque o zé mané técnico pilantra dos universitários otários do Chile deixou o fracasso subir à cabeça e mandou uma letra muito mal mandada. Uma declaração que em breve futuro será arquivada na pasta Famosas Últimas Palavras. Leiam o que o especialista em treinar gandulas cheios de graça falou. Vai em espanhol mesmo que tá molinho de entender.

La Universidad de Chile trabaja a full la revancha de este próximo jueves ante Flamengo por la Copa Libertadores.

En la jornada de este lunes, y bajo las órdenes de Gerardo Pelusso, los peloteros bullangueros, y los ágiles de TVN, escucharon la radiografía que el deté charrúa sacó de sus rivales y con la cual pretenden avanzar a la semifinal del torneo de clubes más importante de este lado del continente.

Así fue como Don Pelu calificó a la zaga brasuca como un “desastre”; pero nada mejores fueron sus palabras para la temida delantera del Flamengo.

Sobre Vagner Love y Adriano, el técnico dedicó las siguientes palabras: “Estos dos gordos que juegan ahí, cuanto más lejos los saquemos, más complicado será para ellos llegar al arco de nosotros”.

Pelusso ya dio la receta, y ahora hay que esperar que sus pupilos la cumplan al pie de la letra.

Não poderíamos pedir por estímulo maior que esse  que o fanfarrão uruguaio (não ganham naaaaada há 60 anos) nos ofereceu gratuitamente. E não é só Adriano, Love e os defensores que estão mordidos com a antidesportividade do decadente treinador. Vocês sabem como a boleirada fica aloprada com a zoação entre pares. O time inteiro pegou nojo desse pela e terão agora a oportunidade de ouro de esculachar pra sempre com os sonhos de um cara que em vinte anos de carreira nunca conseguiu passar das quartas de final da Libertadores.

Abençoado vacilão, valeu! Fez tudo que nós mais precisávamos. E perdeu uma grande oportunidade de ficar calado, porque parece que não vai ser dessa vez que ele vai passar de fase. É claro que a Magnética está aí mesmo pra qualquer parada,  sempre fechando com o certo. Mas agora é com vocês, guerreiros.

Acessem o Urublog!
Twitter do Arthur!
You Tube do snoopdogrio!
Twitter do Snoopdogrio!

Até morrer com vocês!

Sobre Paparazzo Reis

Fotógrafo internacional de celebridades, louco por Burgers e Churrasco, mas sempre acompanhando o Mengão!
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s