2010, o Ano do Galo Rei Rubro-Negro! Por Snoopdogrio

Um ano mágico se inicia no calendário de nossa nação. Todos sabem que somos uma nação de 35 milhões de habitantes, espalhados em um território muitas vezes dominado e chamado Brasil. Por seis vezes já conquistamos as outras hordas e mostramos por muitas vezes nossa hegemonia. Se já éramos os maiores, imaginem agora que o nosso “Messias” retornou.O famoso Ano do Galo, previsto em todos os sanscritos antigos, que até mesmo Nostradamus intuiu, finalmente é chegado.

Sempre soubemos que depois que as profecias fossem concretizadas, teríamos no ano seguinte o final de um Império e o começo de um novo reino. As sábias palavras de Nostradamus avisavam que esta época chegaria: “”Quando a ave humilhada(Urubu), que veio das proximidades das águas poluídas(Lagoa) se mostrar feliz com a volta (A volta do Zico), a grande nave de cimento (Maracanã) tremerá mais uma vez e a trombeta soará pela sexta vez(Hexacampeonato)”. Isso prova que tudo estava conectado e que esta nova era mágica está chegando.

E como é bom torcer para um time repleto de história. Nossos pais tiveram história para passar aos filhos na década de 80 e agora nós temos história para contar aos nossos. Quem tem dúvida que uma nova era de grandes vitórias chega ao clube de maior torcida do país? Separei um conto da época do Grande Gengis Khan, para que entendam a importância da história de nosso clube.

“Era uma vez uma praga que atingiu os mongóis. Os saudáveis fugiram, deixando os doentes e dizendo: “Que o Destino decida se eles vivem ou morrem.” Entre os doentes havia um jovem chamado Tarvaa. O seu espírito deixou o corpo e chegou ao lugar dos mortos. O governante daquele lugar disse a Tarvaa: “Por que deixaste o teu corpo enquanto ainda estava vivo?” “Eu não esperei que tu me chamasses”, respondeu Tarvaa, “simplesmente vim”.

Comovido com a presteza com que o jovem obedeceu, o Khan do Inferno disse: “A tua hora ainda não chegou. Deves retornar. Mas podes levar daqui o que quiseres.” Tarvaa olhou em volta e viu todas as alegrias e todos os talentos terrenos: riqueza, felicidade, riso, sorte, música, dança. “Dá-me a arte de contar histórias”, disse ele, pois sabia que as histórias podem congregar todas as outras alegrias.

E assim retornou ao seu corpo e constatou que os corvos já haviam arrancado os olhos. Como não podia desobedecer ao Khan do Inferno, reentrou no próprio corpo e viveu cego, porém conhecendo todos os contos. Passou o resto da vida viajando pela Mongólia, contando contos e lendas e trazendo às pessoas alegria e saber.”

Nosso Khan voltou para nos dar muitas alegrias. Com suas justas leis e desfrutando do apoio de todas as castas, o Khan dos Khans assumiu o Flamengo. Parabéns a quem nos proporcionou isso, mas, principalmente, por semos predestinados à alegria de viver.

Sejam bem vindos à 2010, o ano do Galo Rei Rubro-Negro. E como dizia um antigo guerreiro antes meu aliado, Feliz Dois Mil e Zico.

Até morrer com vocês!

Sigam o Twitter!

Sobre Paparazzo Reis

Fotógrafo internacional de celebridades, louco por Burgers e Churrasco, mas sempre acompanhando o Mengão!
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para 2010, o Ano do Galo Rei Rubro-Negro! Por Snoopdogrio

  1. Renan disse:

    Hexa foi ano passado. ¬¬

  2. Lipe disse:

    Porra!! To muito feliz! Pena que o Maraca vai fechar pq senao so ia dar 70 mil ate o final do brasileirao. E O CAMISA 10 DA GAVEA!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s