Omissão no Comando Rubro-Negro

Achamos que estávamos livres! Sim, contratamos o Diego Alves, efetivamos o menino Thiago e pensamos de verdade que estávamos livres. Eis que surge uma escalação oficial intrigante com Muralha no Gol no jogo decisivo das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Santos na Vila Belmiro. Pensamos “vamos apoiar pois vaiar é pior”, mas em momento algum tivemos aquele pensamento “o Zé sabe o que faz”. A verdade é, ele não usa meritocracia e ele sabe sim o que faz. Mas o que faz para defender sua panela. E mais uma vez tirou um goleiro inexperiente porém com ritmo, num jogo onde mais importava ter segurança e estar em boa fase. Acompanho Thiago desde muito cedo na base e não me recordo de ter levado quatro gols, sendo três em um tempo só e duas falhas nesse mesmo tempo. Duvido que Thiago tomaria os quatro gols, mesmo não sendo o melhor goleiro do Brasil. Thiago não merecia ter sido barrado por qualquer motivo. Mesmo que o Zé dissesse que era por experiência, ele não vinha mal. 

E o Rafael Vaz, o que justifica sua contratação e a insistência em sua utilização, quando o mesmo já nos causou tantos problemas em tantas oportunidades? Errar é humano, mas o Zé Ricardo insistir no erro é burrice. O ditado popular é perfeito. Não estou inventando. Talvez fosse melhor, por falta de opção, jogar até com Rômulo no lugar do Vaz ontem, mas de forma alguma, deixar esse péssimo zagueiro ser titular mais uma vez no Flamengo. Como diretor do Flamengo, emprestava ele logo pela manhã ao Nova Iguaçu, Ibis, ou o raio que o parta. Que não fique aqui. Querem dar respaldo agora até aos jogadores da panela? Emprestava o Muralha com salário pago se fosse necessário, até pq essa energia de derrotado dele pode acabar contagiando Diego Alves! 
E o nosso treineiro, o qual já defendi e tem respaldo da diretoria, vai continuar usando o Flamengo para seus testes infantis enquanto for permitido? Vai continuar defendendo sua panela “maravilhosa”, mesmo quando eles são os responsáveis pelo quase desastre total e sofrimento geral dos torcedores. Colocar Gabriel. Levar Mancuello e não levar o experiente Conca. Não usar jogadores de qualidade que estavam no banco para usar aquele baianozinho de quinta? Amigos, se o Flamengo tomasse de 5×2 ontem, após fazer 2×1 no segundo tempo, após a diretoria gastar rios de dinheiro com contratações, era o fim de tudo. Era a maior vergonha da história. E ficamos a um passo bem pequeno do apocalipse! Vocês não imaginam o quão pequeno. 
Gabriel Reis, o Paparazzo Rubro-Negro.

Sobre Paparazzo Reis

Fotógrafo internacional de celebridades, louco por Burgers e Churrasco, mas sempre acompanhando o Mengão!
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Omissão no Comando Rubro-Negro

  1. Vinicius MS disse:

    Se tivesse +3 minutos a gente tomaria o quinto gol.
    Tô puto demais também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s